A chegada (filme)

Meu amigo Otávio tinha razão; o filme “A chegada (Arrival)” é muito bom. É uma boa história de ficção científica que fala sobre a chegada de alienígenas na Terra. O foco do filme, entretanto, é o tempo e a ideia defendida é a de que o tempo é uma ilusão, ideia que leva o nome de block universe, na ciência. A mensagem polêmica do filme fica por conta da sugestão de que o aprendizado de uma língua especial – no caso, a dos alienígenas – pode libertar o indivíduo dessa ilusão do passar do tempo e permitir a ele “ver” todos os eventos em “bloco”, quer dizer, ao mesmo tempo.

A maneira como a história é contada lembra muito a do filme “Amnésia (Mementos)”, com flashbacks intercalados com flashforwards, o que exige bastante atenção do espectador. Uma boa história é sempre uma boa história, mas fica muito melhor quando é bem contada. Em A chegada ela é contada com maestria.

Anúncios

Um comentário sobre “A chegada (filme)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s