O guia do mochileiro das galáxias

Com um atraso de mais de duas décadas li o livro de Douglas Adams, “O guia do mochileiro das galáxias”. Pena não ter lido antes. É um livro de ficção científica, de humor escrachado, que deve ter inspirado os filmes do comediante Mike Myers e a série de TV Family Guy. Na história, o guia do mochileiro é uma espécie de Wikipédia do futuro, que está em vias de substituir a decadente Enciclopédia Galáctica – aquela do império galáctico, das histórias de Isaac Asimov. Para se ter uma ideia da utilidade desse guia, para os turistas, aqui vai a definição de “Universo”, nele contida:

Área: infinita, i.e., de tamanho totalmente estonteante.

Importações: Nenhuma, pois não há exterior de onde importar.

Exportações: Nenhuma; vide Importações

População: Nenhuma, pois o número finito de gente que existe, dividido por uma área infinita dá zero.

Unidades Monetárias: Nenhuma; as que existem não contam, pois a principal delas é uma moeda triangular de borracha de 10.900 quilômetros em cada lado e ninguém jamais conseguiu juntá-las em número significativo.

O livro também é filosófico, pois trata da busca do significado do “Universo, da Vida e Tudo o Mais”. Milhões de anos foram gastos nessa busca para, então, se concluir que a resposta não tinha sentido porque a pergunta estava mal formulada. Mais alguns milhões de anos foram, então, gastos na busca da pergunta correta.

A história é bem atual na medida em que um dos seus principais personagens, no dia de sua posse como Imperador das Galáxias, rouba o protótipo de nave espacial, de tecnologia de última geração – o gerador de improbabilidade infinita -, e foge com ele.

Aqueles que gostam de humor nonsense e ainda não leram o livro podem desfrutar dessa história divertida tomando uma “Dinamite Pangaláctica” (a melhor bebida do universo, segundo o guia) ou, então, – quem não gosta de bebida muito forte – tomando um “jynnan tonnixa”, extremamente popular e preparado ao modo de cada galáxia, mas sempre com o mesmo gosto, o do “uizgheee zodahs”.

Bom proveito!

Anúncios

Um comentário sobre “O guia do mochileiro das galáxias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s