Fuga da realidade

Vou retomar um assunto sobre o qual já falei várias vezes aqui: os universos paralelos. Espere, … não pare de ler antes que eu explique a razão de eu escrever novamente sobre isto. Não é por que eu goste muito do assunto (de fato, eu gosto), mas por uma razão muito prática que talvez sirva para você também: não quero ficar deprimido com as notícias do dia-a-dia; prefiro pensar em assuntos mais amenos do que ataques terroristas, aquecimento global, sistema de saúde em colapso, corrupção e outros.

Para contrabalançar esse amontoado de notícias ruins costumo ler algum livro sobre cosmologia que coloca os nossos problemas terrenos numa escala de Planck (Max Planck, aquele cientista que criou uma escala para lidar com os fenômenos microscópicos), pois esta é a verdade: diante do cosmos, os nossos problemas têm a dimensão e a duração de uma unidade de Planck. O livro “A realidade oculta”, de Brian Greene, já mencionado antes, é um livro sobre cosmologia que produz esse efeito desejado. Ele trata das teorias (científicas?) que supõem a existência de outros universos além do nosso. Eis algumas possibilidades que ele retrata no livro para a existência de múltiplos universos:

  • Se o cosmos tiver extensão infinita isso leva a acreditar que tudo o que existe no universo que conhecemos (uma coleção finita de partículas, em um número finito de estados) pode estar duplicado em algum outro lugar do cosmos, na forma de um universo exatamente igual a este em que vivemos. Em virtude da extensão infinita do cosmos, esses universos idênticos podem existir também em número infinito.
  • O nosso universo pode ser apenas uma das bolhas (universo bolha) que, segundo a teoria da inflação eterna, resultam da expansão extrema do tecido do espaço sujeito a flutuações quânticas, como as borbulhas que se formam numa panela de mingau em fervura. Cada bolha representa um big-bang gerando um universo. O nosso é apenas uma dessas bolhas.
  • Os múltiplos universos podem existir também se a teoria das cordas estiver correta. Essa teoria pressupõe a existência de outras dimensões do espaço além das três que conseguimos perceber. Os múltiplos universos estariam, então, separados por essas dimensões extras.

As semelhanças entre essas três possibilidades estão no fato de que elas são fruto de modelos matemáticos e, também, porque em nenhum dos casos os universos podem se conectar entre si. É uma pena, diriam os mais cépticos. Primeiro, porque são simples suposições matemáticas que podem não ter nada a ver com o mundo real. Segundo, porque, se os universos não se conectam, nunca poderemos ter notícias de um universo paralelo.

A esses cépticos eu diria que as teorias matemáticas já acertaram muitas vezes em suas tentativas de explicar a realidade e, portanto, merecem algum crédito. Eu diria, também, que o fato de estarmos fadados a nunca penetrar num universo paralelo, ao invés de ser algo decepcionante, pode sim ser entendido como algo fascinante. Saber que eles existem e que são inacessíveis a nós, deste universo, deixa uma sensação de algo transcendental que só poderia ser alcançado com um salto capaz de nos levar a um outro plano. Pensando bem, essa não é uma sensação que lhe parece familiar?

Espero que com esta conversa eu tenha desviado por alguns momentos a sua atenção dos problemas do nosso dia-a-dia, como aconteceu comigo enquanto eu lia o livro. A propósito, o livro de Greene, ao invés de “A realidade oculta”, deveria se chamar “Fuga da realidade”.

Anúncios

Um comentário sobre “Fuga da realidade

  1. Deixo um comentário. Assistia aum programa, no canal 54 , da BBC “Universo Humano”, coisa que, raramente, faço. Fala-se da Teoria da inflação eterna Acho que há 14,8 bilhões de anos, houve uma mudança na energia da inflação e surgiu o big-bang. As constantes ficaram presas, levando ao Universo aque temos agora. Inflação seriam ondas e movimentos no espaço( como ondas no mar).Acontece que, essa situação criou uma posição ideal da Terra em relação ao Sol,o que eles na série chamam de “sorte”e só por isso existimos. Movimentos alheatórios no processo de inflação.A expansão do Sol logo acabará com isso. NADA PODE SER MAIS LIBERTADOR DO QUE ESSES FATOS.Eu, aque sei ser Pura Consciência já estou liberto desde sempre, mas quem tem a chamada depressão, aconselho a série. E tem, ainda, uma belíssima coentista falando. Vale mesmo.Conselho de Psicólogo.. Lin de Varga

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s