Camila e a princesa

À Camila

É interessante observar o mundo das crianças e ver como elas interagem com as suas bonecas ou bonecos, como se eles fossem pessoas de verdade. Desde pequeninas elas aprendem a imitar a voz dos personagens, às vezes mais de um ao mesmo tempo, dando entonações diferentes para cada um deles. É difícil para um adulto compreender a profundidade dessa conversa, mas, certamente, ela vai além do “Oi querida, vamos ao shopping?”. A Camila e a princesa Elsa, por exemplo, numa dessas brincadeiras poderiam estar falando de coisas mais sérias do que imaginamos. Vamos escutar atentamente o que elas falam, traduzindo para a nossa linguagem.

Camila falou: “Princesa Elsa, você me parece tão triste hoje. Não está contente como estava ontem, quando brincamos e dançamos muito as suas músicas preferidas.”

A princesa Elsa respondeu: “Oi Camila! Eu estou bem, só estou pensando em algumas coisas que estão me deixando um pouco triste.”

Camila perguntou: “O que está deixando você triste?”

Elsa falou: “Ontem, quando dançávamos, – eu no vídeo e você na sala – seus pais te aplaudiam ao final de cada música e eu senti um pouco de inveja.”

Camila, surpresa com aquela revelação, tentou animar a amiga falando: “Mas você não precisa de aplausos, você é perfeita e foi você quem me ensinou a dançar. Eu tenho muito que agradecer a você.”

Elsa continuava triste e falou: “Pois é isso que me deixa triste. Eu sou perfeita, mas não gostaria de ser perfeita. Gostaria de dançar como você, que às vezes erra alguns passinhos e quase cai, mas em seguida dá um sorriso que deixa a todos deslumbrados, e volta a dançar no ritmo certo.”

Camila ficou comovida com esse comentário da Elsa e falou com a vozinha embargada: “Você não pode dançar errado porque você tem que ensinar todas as meninas a dançar. O meu sonho é dançar como você e ser uma grande bailarina.”

Elsa, então, falou: “Você não me entendeu. Eu queria ser uma pessoa de verdade como você e não simplesmente uma imagem na televisão, ou uma boneca nas suas mãos. Eu queria ser sua amiga de verdade, ir à escola com você, ir ao parquinho brincar no pula-pula, dar às mãos para você e sair para passear. Você me entende?”

Camila, então, se lembrou de uma coisa que poderia alegrar a Elsa e falou: “Minha mãe tem uma boneca que ela guarda desde criança. Ela diz que ainda gosta muito dessa boneca e que ela ensinou muitas coisas à minha mãe. Viu? Não é preciso ser de verdade para ser amada pelas outras pessoas.”

Elsa ficou radiante e perguntou logo: “Posso ver essa boneca da sua mãe?”

Camila respondeu: “Oh Elsa, sinto muito, mas você não pode vê-la. Ela está no coração da mamãe. Você sabe, os brinquedos não duram para sempre, assim como nós, as pessoas de verdade, por isso eles precisam conquistar um lugar no coração das pessoas para acompanhá-las por toda a vida. Você já está no meu coração.”

A princesa Elsa dançou naquele dia mais maravilhosamente do que já havia dançado antes.

Anúncios

3 comentários sobre “Camila e a princesa

  1. Parabèns Caco. Sua capacidade para escrever é infinita, assim como sua sensibilidade. Você sempre está me surpreendendo e emocionando. Bjs com muito amor. Sua Ninha

  2. A Camila nos surpreende todos os dias com uma sensibilidade incrível para a idade dela e você conseguiu entrar nesse mundinho particular com muita sabedoria. Parabéns!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s