5o aniversário do blog

O Blog do Caco em números (modestos)

Hoje faz 5 anos que escrevi o primeiro texto “Sobre criadores e criaturas” em que eu descrevia a natureza dos assuntos que iria abordar neste blog. Muita coisa mudou desde então, mas o alvo principal dos posts continua sendo as questões intrigantes levantadas – e nem sempre resolvidas – pela ciência, em sua trajetória para explicar a natureza e o ser humano dentro dela. Incluem-se as questões que estão na fronteira entre ciência e religião, visto que o blog trata não só de criaturas mas, também, de criadores. Ao tratar dessas questões tenho usado tanto o recurso da reflexão sobre temas da nossa realidade quanto o da imaginação, na forma de histórias de ficção, e sempre espero que o leitor consiga facilmente distinguir entre uma coisa e outra e não acabe levando a sério alguma história maluca que eu tenha escrito ou venha a escrever.

Os textos escritos nos dois primeiros anos foram reunidos num livro em formato digital, publicado pela Amazon.com.br, de título “Universo: achados e perdidos”. Não sei, ainda, se vou dar o mesmo destino aos textos mais recentes; talvez não. Afinal, o livro publicado não chegou a ser um best-seller, o que não me anima a publicar outro (rs).

Nesse período de existência do blog, o número de acessos e comentários sobre os posts foi bastante modesto. Consolo-me com o fato de que não tenho feito nenhuma divulgação intensiva dele, não tenho usado a rede social para atingir os amigos dos amigos … dos amigos e, mesmo tratando-se dos amigos, não tenho insistido muito em avisá-los sobre novos posts para não importuná-los com insistentes pedidos para ler o que eles nem sempre estão interessados em ler. Vez ou outra envio um e-mail a eles quando escrevo algo que acho que vale a pena divulgar. Estão nessa lista cerca de 160 pessoas.

Pois bem, com essa estratégia tímida de divulgação, os números que consegui nesses 5 anos foram:

  • 190 posts publicados (em média, 1 a cada 10 dias)
  • Número de visitas: 14.328
  • Número de comentários: 412 (média de 2 comentários por post)
  • Número de seguidores: 22 (pessoas ou sites que recebem automaticamente cada novo post publicado)
  • Número de países de onde se originaram as visitas: 41 (a maioria caiu de paraquedas)

Em resumo, o blog recebe, em média, 7 a 8 visitas por dia. É bom lembrar que parte delas são visitas acidentais de internautas que foram ali levados por pesquisas na internet e acabaram não achando o que procuravam. Mas não importa, são visitas que os outros blogs mais populares também contam como medida de desempenho.

Eu poderia dizer que não estou muito preocupado com esses números pois o blog, para mim, é como se fosse um diário: o maior interessado no que está nele registrado é o seu próprio autor, que estaria disposto a compartilhar o seu conteúdo apenas com um seleto grupo de amigos. Mas eu estaria mentindo se não admitisse que gosto de receber qualquer visitante disposto a compartilhar e discutir um assunto ou simplesmente ler um post. Em especial, ficarei muito feliz se conseguir entreter os filhos e netos dos leitores com as minhas histórias infantis. (É o sentimento de avô tomando o comando.)

Finalmente quero falar sobre os textos mais acessados. O campeão deles, para minha decepção, foi “Sobre o Homo connectus”, com 384 acessos. Por que a decepção? Porque não se trata de um texto normal, mas de um comentário curto sobre um texto do jornalista Roberto Pompeu de Toledo, publicado na revista VEJA tempos atrás. A razão do grande número de acessos, certamente, foi a pesquisa na internet que mencionei acima, o que reflete a popularidade do autor do texto original e da revista. A lista dos dez posts mais acessados é a seguinte (número de acessos):

  1. Sobre o Homo connectus (384)
  2. Deus é brasileiro (270)
  3. A grande história da evolução (219)
  4. Quem está no topo da cadeia evolutiva? (199)
  5. Por que as mulheres são misteriosas? (175)
  6. Explicando a passagem do tempo (167)
  7. Os robôs e a ética (160)
  8. Dinossauro no palheiro (157)
  9. Vida após a morte (148)
  10. Betelgeuse (135)

Nesta data em que o Blog do Caco completa 5 anos de idade quero agradecer aos amigos que me incentivaram e continuam incentivando a tocar adiante o blog e espero ter bom-senso e imaginação suficientes para escrever mais textos para compartilhar com esse grupo especial de pessoas.

Até breve! Feliz 2015!

Anúncios

7 comentários sobre “5o aniversário do blog

  1. Olá Dias
    Parabéns pelo 5o. aniversário do blog; continue e sempre! Os números que você apresentou são animadores…para melhorar cada vez mais!
    Aquele abraço
    Aristides

  2. Caro Oscar.
    Meus parabéns pelo 5° aniversário do blog e pelos seus artigos equilibrados os quais nos transmitem a forte impressão de que todas as opções na vida são igualmente válidas.

    Abraços,

    Jose

  3. Parabéns! Caco… Afinal são 5 anos que vem tecendo um universo de sábios conhecimentos, sou suspeito em fazer qualquer comentário, porque, o tenho na mais alta conta, como ser humano, que se não atingiu a perfeição ainda, falta pouco! Sei que minha opinião conta pouco, mas continue expressando seus pensamentos e seus conhecimentos, que com certeza um dia terá a sua utilidade porque além de tudo são formadoras de opiniões bem abalizadas. Grande abraço!.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s