Pobre Plutão

Ao ler a notícia sobre Plutão, no blog Mensageiro Sideral, pensei no que escrevi em “Laços de família”. A sina daquele planeta parece ser mais dramática do que a retratada no poema que escrevi. Ele, Plutão, não só vive os dramas da monotonia e da falta de liberdade como, também, vive um problema de discriminação no seio da família. Ora ele é considerado um filho legítimo (planeta), ora não. Se as entidades científicas que cuidam do caso usarem os mesmos critérios com que a sociedade trata dos problemas das minorias, pobre Plutão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s