O amor é cego … e outras metáforas

Já falei sobre o assunto das metáforas no texto “As metáforas e a ciência”, para salientar a importância dessa figura de linguagem para a popularização da ciência. Agora quero falar sobre o seu uso corriqueiro, e não menos importante, no nosso dia-a-dia. Segundo o dicionário Aurélio, metáfora é o emprego de uma palavra em sentido figurado, por meio da sua transferência para um âmbito semântico que não é o do objeto que ela designa. Por exemplo, na frase: “A Amazônia é o pulmão do Brasil”, a palavra pulmão está sendo usada em sentido metafórico. (Desculpem-me pela obviedade da explicação, desnecessária aos leitores deste blog.)

Quem não gosta de metáforas? Elas quase sempre são empregadas para descrever verdades cristalinas em frases que acabam por se tornar ditados populares que nos servem de orientação na vida. Nesse sentido, podem até substituir uma prescrição de um psiquiatra ou analista. É claro que muitas vezes são carregadas de exagero e nem sempre exprimem a verdade, mas sempre soam bem aos ouvidos.

Não tenho nenhuma razão especial, neste momento, para falar das metáforas e ditados populares, mas, não sei por que, resolvi analisar algumas frases muito populares e tentar entendê-las no seu sentido literal. Fiz algo parecido no texto anterior “O Brasil é o país do futebol?” e vou agora falar das metáforas introduzidas nas frases “A mentira tem pernas curtas” e “O amor é cego”, por simples diversão. (Essa minha aposentadoria tem me obrigado a fazer coisas impensáveis.)

Em “A mentira tem pernas curtas” está contida uma grande verdade. A de que uma mentira é logo desmascarada. Suas pernas são pequenininhas permitindo que a verdade – que tem pernas longas – logo a alcance e a abata triunfante. Não se pode esquecer daquelas mentiras que, apesar das pernas pequenas, são muito rápidas e difíceis de serem alcançadas, mas que acabam por sucumbir em algum momento. A força desse ditado é tão grande que a ciência o utiliza frequentemente no processo de sobrevivência das teorias científicas. Uma má teoria é refutada rapidamente porque tem pernas curtas e não consegue saltar os obstáculos representados pelos fatos reais que a contradizem. Enfim, é confortante saber que a natureza tem as suas leis e uma delas, a de que “a mentira tem pernas curtas”, nos defende dos mentirosos que estão à solta.

Já a frase “O amor é cego” é completamente falsa. É uma daquelas mentiras – como todas as outras, de pernas curtas – que correm muito e até hoje não foi desmascarada. É fácil interpretar o que o farsante quis dizer com essa frase: quando se ama uma pessoa não se enxerga a sua aparência. Dito assim, a frase parece verdadeira, mas não é. Vou dar alguns exemplos para mostrar o meu ponto. Um aparelho de raios-X seria cego somente porque não detecta as partes moles de um corpo? E a ossatura que ele consegue enxergar por detrás de todos os obstáculos, não conta? Um telescópio de radiofrequência, seria cego porque não enxerga a luz visível? E a luz na faixa não-visível que ele vê, não conta? E assim poderiam ser citados muitos outros exemplos de objetos aparentemente cegos, mas que na verdade enxergam detalhes que outros não enxergam. E então, sacou agora por que o amor não é cego? Mais cego poderia ser considerado o jurado de um concurso de beleza!

Aguardem novas interpretações no futuro. Afinal, as metáforas constituem “um vasto território a ser explorado”, um assunto que dá “muito pano pra manga”, “uma mina de ouro para o garimpo”, um …. chega!

Anúncios

3 comentários sobre “O amor é cego … e outras metáforas

  1. Gostei do texto das metáforas, bem realista eu acho……e…. O Amor é cego mesmo…..muito pior que o telescopio de radiofrequencia….que ama..não vê a ” a luz visível ” e muito , muuiiito menos a luz invisível….Talvez leve uma vida toda para ver essas luzes….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s