Testamento de vida

Eu, Caco, teimoso habitante deste mundo inviável, tendo como testemunhas os leitores deste blog e com o intuito de eximir a todos de qualquer responsabilidade sobre as providências que possam resultar deste ato, escrevo este Testamento de Vida, através do qual autorizo quem quer que seja a desligar (se isto já não tiver acontecido por falta de energia elétrica) todos os sistemas de manutenção da vida a mim atrelados ou mesmo, de algum outro modo – suave, de preferência -, impedir que eu respire, quando ficar constatado que eu já não mais estou de posse de meu pleno juízo. Essa constatação se dará quando, durante um dia inteiro, pelo menos um dos fatos descritos abaixo for observado:

  1. Eu tenha ficado sem checar meus e-mails ou navegar na internet;
  2. Eu não tenha xingado os fabricantes de smartphones, tablets e notebooks;
  3. E, também, as operadoras de telefonia e internet;
  4. Eu não tenha contrariado a minha esposa ou filhos uma única vez;
  5. Eu não tenha xingado os políticos, o jeitinho brasileiro ou o meu time de futebol;
  6. Eu não tenha reclamado do frio, do calor, do sol ou da chuva;
  7. Ou do vento, também;
  8. Eu não tenha reclamado de alguma dor ou tocado em assunto de doença;
  9. Eu não tenha assistido ao menos três horas de televisão;
  10. Eu tenha feito, de bom humor, alguma tarefa caseira “sugerida” pela minha esposa;
  11. Eu não tenha exaltado a beleza natural de nosso país e, ao mesmo tempo, a feiura de tudo o que o brasileiro incorporou a ele;
  12. Eu não tenha dito que a vida é curta, mas logo reclamado que o tempo não passa;
  13. Eu não tenha demonstrado estar com saudades da minha neta;
  14. Eu tenha aceitado de bom grado um convite para sair de casa;
  15. Eu não tenha reclamado das notícias dos jornais que só se referem a crimes, catástrofes e denúncias de corrupção;
  16. E à precariedade dos serviços públicos, também;
  17. Eu não tenha sentido falta de falar com os amigos, mas logo inventado uma desculpa para não pegar o telefone;
  18. Eu não tenha dito que me envergonho de ser brasileiro, mas, no fundo, sentido orgulho dos feitos de nossos conterrâneos no exterior, seja no esporte ou em outras áreas;
  19. Eu tenha ouvido com atenção um assunto que não me interessa;
  20. Eu não tenha ouvido no mínimo uma dúzia de músicas;
  21. Eu não tenha viajado ao “mundo da lua” por pelo menos meia dúzia de vezes.

a continuar …

(Aceito sugestões de novos itens.)

Anúncios

4 comentários sobre “Testamento de vida

  1. Vc que sempre foi bom tenista esta fora de seu pleno juízo,…… quando não apreciar mais um bom jogo de tênis e ……lá no intimo,” fora do bom juízo”, achar que pode imitar alguns golpes…dos tops..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s