Está provado, a Terra é um enorme organismo vivo

O cientista Erik Andrulis, da Universidade Case Western, dos EUA, publicou no periódico científico Life uma teoria que pretende explicar a origem, a natureza e a evolução da vida, mas por um caminho heterodoxo (leia aqui). Segundo a teoria, baseada em elementos fundamentais chamados por ele de gyres (giros?), os objetos inanimados – como planetas, água, rochas – são, em última instância, organismos vivos. Com isso, a sua teoria dá suporte à famosa hipótese Gaia, segundo a qual a Terra é um imenso organismo vivo. Mas a comunidade científica não está levando o trabalho a sério, não obstante Andrulis ter desenvolvido pesquisas importantes antes (leia mais aqui). A revista em que o trabalho foi publicado, apesar de nova, tem um corpo de revisores científicos respeitado, e isto parece ser a única razão para que o artigo não seja considerado uma farsa completa. O pedido de demissão de um dos revisores, logo após a publicação do artigo, também não ajuda muito o seu autor. Outro revisor disse que não leu(?) o artigo antes da publicação.

Mas o Dr. Andrulis está confiante na sua teoria e no papel dos gyres, que pode ser entendido facilmente no diagrama abaixo.

Andrulis’s Gyre Erik D. Andrulis

Para os que sentirem alguma dificuldade em entender a sua teoria, o Dr. Andrulis oferece o seguinte glossário (infelizmente em inglês) que pretende facilitar as coisas:

Alternagyre: A gyrosystem whose gyrapex is not triquantal

Dextragyre: A right-handed gyre or gyromodel

Focagyre: A gyre that is the focal point of analysis or discussion

Gyradaptor: The gyre singularity-a quantum-that exerts all forces on the gyrosystem

Gyrapex: The relativistically high potential, excited, unstable, learning state of a particle

Gyraxiom: A fact, condition, principle, or rule that constrains and defines the theoretical framework

Gyre: The spacetime shape or path of a particle or group of particles; a quantum

Agora ficou mais fácil, não?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s