36 argumentos

Terminei de ler “36 argumentos para a existência de Deus”, de Rebecca Newberger Goldstein, Companhia das Letras. Apesar do título nada convencional, é um romance que foi recomendado em uma das edições recentes da revista VEJA, no qual o personagem – um filósofo, professor em uma universidade americana – fica famoso por escrever um livro em que refuta todos os 36 argumentos para a existência de Deus. O personagem tem origem judaica e o livro é pródigo em descrever os costumes de uma comunidade, situada próximo de Nova York, que continua fiel às suas tradições judaicas, procurando manter-se isolada do resto do mundo.

Dois aspectos sobressaem-se no romance: o dos costumes judaicos já mencionado (comidas, vestimentas, ritos, cabala, celebrações) e o do debate filosófico que envolve religião e ciência, culminando com a discussão em torno da existência de Deus. O romance não tem uma grande história, mas compensa essa falta com uma mistura criativa dos aspectos citados (a autora é doutora em filosofia e pesquisadora na área de psicologia em Harvard). Os 36 argumentos estão listados abaixo, mas não é pertinente explicá-los aqui e tampouco as suas refutações, o que fará com que o leitor use a sua imaginação ou, então, leia o livro.

1. O argumento cosmológico
2. O argumento ontológico
3. O argumento do projeto
4. O argumento do Big Bang
5. O argumento da sintonia fina das constantes físicas
6. O argumento da beleza das leis físicas
7. O argumento das coincidências cósmicas
8. O argumento das coincidências pessoais
9. O argumento das preces atendidas
10. O argumento de uma vida maravilhosa
11. O argumento dos milagres
12. O argumento do problema difícil da consciência
13. O argumento do Eu improvável
14. O argumento da sobrevivência após a morte
15. O argumento da inconcebilidade da aniquilação pessoal
16. O argumento da verdade moral
17. O argumento do altruísmo
18. O argumento do livre-arbítrio
19. O argumento do propósito pessoal
20. O argumento da intolerabilidade da insignificância
21. O argumento do consenso da humanidade
22. O argumento do consenso dos místicos
23. O argumento dos livros sagrados
24. O argumento da justiça perfeita
25. O argumento do sofrimento
26. O argumento da sobrevivência dos judeus
27. O argumento da curva ascendente da história
28. O argumento da genialidade prodigiosa
29. O argumento do conhecimento humano do infinito
30. O argumento da realidade matemática
31. O argumento da teoria da decisão (a aposta de Pascal)
32. O argumento do pragmatismo(o salto de fé de William James)
33. O argumento da irrazoabilidade da razão
34. O argumento da sublimidade
35. O argumento da inteligibilidade do universo (o Deus de Espinosa)
36. O argumento da abundância de argumentos

 

Anúncios

Um comentário sobre “36 argumentos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s